terça-feira, 17 de julho de 2012

Quem pergunta quer resposta (04) - Posso venerar os Santos e suas imagens?


   Para a gente entender isso nós precisamos entender desde do início o que é um ícone e o que é um ídolo, todos os dois são imagens, mas são duas coisas completamente diferentes, ou seja, um ídolo é uma criatura que eu pego e coloco no lugar de Deus, então isso é um ídolo, é uma imagem em que eu tirei o Deus verdadeiro de lado e que eu coloquei um deus falso no seu lugar, isso evidentemente é proibido pelo primeiro mandamento, somente Deus é Deus, e é por isso que no primeiro mandamento se proíbe fazer imagens. Ou seja, imagens que sejam ídolo, veja que essa palavra είδωλο (eidolo) em grego quer dizer exatamente isso, imagem.

   Só que existe uma outra palavra grega para dizer também imagem, que é o εικονίδιο (eikonidio) ícone, que é uma coisa diferente, ou seja, o ícone é quando eu pego aquela criatura, que foi um pintura feita por mão humana, uma estátua feita por mão humana, mas eu uso aquela realidade não como um deus no lugar de Deus, mas como uma janela uma verdadeira, janela que me abre para Deus, e que me leva até Deus.

   Então, se eu tenho diante dos olhos claramente a diferença entre ídolo e ícone, eu vou entender então que uma coisa é proibida e a outra é permitida.

   Mas os protestantes radicalizam as coisas e dizem:

   "Ah, vamos cortar o mal pela raiz e vamos parar de fazer qualquer tipo de imagem."

   Só que, deixa eu ajudar você espiritualmente meu irmão, isso não resolve o problema, não resolve o problema porque você vai continuar, por exemplo, tendo diante de seus olhos a sua esposa, o seu marido, quando você olha para sua mulher e ver a beleza do corpo dela, você tem uma escolha, ou você transforma o que está vendo em ídolo, colocando sua mulher no lugar de Deus, ou você transforma aquilo que você está vendo em ícone, fazendo com que ela seja uma janela transparente que te faz louvar a Deus.

   Porque aqui o que está em jogo não é a nossa atitude diante de um bonequinho de gesso, mas a nossa atitude diante de toda a criação, aí é que está o problema, você pode acabar com todas as estátuas de gesso, você pode acabar com todos os ícones, você pode acabar com todos os sinais feitos por mão humana, mesma assim o problema da idolatria vai continuar existindo, porque o problema da idolatria ele é mais sério e mais radical, o problema da idolatria é a sua atitude diante das realidades criadas, as realidades criadas te levam para Deus ou te afastam dele?

   Isto depende da sua atitude, isto é você quem vai dizer. Portanto diante de uma flor, diante de um pôr do sol belíssimo, diante de realidades até mais tentadoras, como o sexo, o dinheiro, diante de qualquer criatura você está sempre diante de uma escolha, ali você está encurralado, você tem que escolher, você tem um bifurcação, ou você faz com que essa criatura seja um ícone, uma janela que te leva para Deus, ou você fará dessa criatura um ídolo, ou seja, algo que você coloca no lugar de Deus.
  
   Então é muito fácil a gente acabar com os bonecos de gesso, o difícil é acabar com a idolatria no nosso coração, levando isso em consideração, o que é que podemos dizer com relação ao culto do santos e ao culto das imagens?

   Primeiro ao culto dos Santos, é evidente que eu posso cultuá-los, nós temos por exemplo, o exemplo bíblico extraordinário da Virgem Santíssima no evangelho de São Lucas, no seu canto, no Magnificat Maria diz:

 "Todas as gerações me chamaram de bem-aventurada"

E o próprio Jesus, várias vezes, refere-se a pessoas como bem-aventuradas, felizes, ele está louvando essas pessoas, ele está dizendo concretamente:
"Vejam, é isso mesmo."
E o que ele está fazendo, ele está dizendo:
"Vejam a ação de Deus nessas criaturas."
Criaturas que Deus está usando, onde Deus está agindo, estes são os Santos.

   Quando nós católicos veneramos um Santo, nós estamos dizendo o seguinte:
"Vejam como Deus é grandioso, usando seres humanos."
   Deus é capaz de usar a frágil criatura humana para realizar a sua obra.

   Agora, quando eu tenho uma imagem, quando eu tenho um ícone produzido por mão humana que me recorda esta criatura, aqui eu tenho a mesma coisa que um bela paisagem que eu fotografei, se você vai, passeia na natureza bonita, e vê a beleza da criação, acha aquilo lindo, você pode ter uma atitude pagã e começar a venerar aquilo como deus; as forças cósmicas, o deus que ta ali na natureza, etc... etc... Isso será paganismo, idolatria. Ou você pode ver a beleza daquela natureza, e louvar a Deus, isso então é um ícone.

   Agora se você vai e tira uma foto pra se recordar daquele momento de louvor intenso que você teve naquela paisagem, e todas as vezes que você vê aquela foto, você vê a beleza da criação e louva a Deus por isso, isso é um ídolo? Não! É uma janela que te conduz pra Deus.

   A mesma coisa quando eu tenho uma imagem de um Santo, quando eu recordo a grandeza desse filho de Deus, dessa filha de Deus, que Deus utilizou de uma forma extraordinária no heroísmo, no martírio, se entregando por amor a Cristo. Pois bem, ali eu posso e devo glorificar a Deus através dessas criaturas.

  Portanto você pode sim venerar imagens, e venerar imagens, vamos ser bem concretos, você pode se ajoelhar diante de imagens, você pode falar com os Santos diante das imagens, você pode beijar as imagens, você pode acender velas diante delas, colocar flores diante das imagens. Porque? Porque o Segundo Concílio de Nicéia nos diz que o culto que é prestado a imagem não se dirige a imagem, mas se dirige ao protótipo, ou seja, àquele que está lá no céu, então se você venera a Virgem Maria, se ajoelha diante da imagem dela, acende uma vela e pede a ela, essa atitude de humildade, (e perguntarão, mas se ajoelhar diante de uma criatura? Sim!) de se ajoelhar diante de uma criatura na qual Deus resplandece sua Glória é permitida? Sim, eu posso e devo fazer isso para reconhecer a Glória de Deus naquilo que ele criou. Eu posso me ajoelhar diante de uma imagem sabendo que eu estou me ajoelhando diante da Virgem Maria que está junto de Deus no céu.

   Agora, ao me ajoelhar diante da Virgem Maria eu estou cometendo uma idolatria? Depende, se você a trata como um ídolo colocando no lugar de Deus é idolatria, mas se você faz dela um a janela que te conduz para Deus, então é simplesmente o mistério do ícone, uma janela que nos conduz para o culto e o louvor a Deus na glória eterna que a ele pertence.

Paz e Bem

4 comentários:

  1. Muitos ainda ficam confusos com essa idéia de idolatria. Pensam que o conceito de idolatria veio com a igreja católica por reproduzir em forma de esculturas ou fotografias ou outro meio qualquer e aceitar o culto a essas imagens. A confecção de imagens, entretanto, remonta aos tempos do homem pré-histórico quando este fazia desenhos nas cavernas. A idolatria é bem clara na civilização egípcia, quando os homens "inventavam" esculturas, imagens de seres inexistentes e os chamavam de deuses. Eles não reconheciam Javé como Deus. Seus deuses eram mera invenção de suas imaginações, nunca existiram na verdade. Ao contrário dos santos que foram ou que são pessoas reais. Jamais assumirão o lugar de Deus. Todo católico consciente sabe disso. Quem parece não saber são os evangélicos que parecem ver nos santos verdadeiros deuses.


    Rinaldo

    ResponderExcluir
  2. Muito Bem ! Parabéns !

    ResponderExcluir
  3. muito bomm esclarecer muitos pontos da igreja q esses herege são contra, pois só existe uma só igreja e verdadeira, pois ñ adoramos maria mais sim veneramos q como uma mulher que pelo seu sim revolucionou o mundo a história da salvação, pois ñ teamos medo de amar maria, ele tem o poder de interceder por cada um de nós, pois quem é contra maria está contra a biblía, maria é a nova erva a mãe da vida. ele é o templo do espirito santo, jesus dissi todos os pecados são perdoados menos quem blasflemar contra o espirito santos, pois maria é templo do espirito santo, ele q recebeu jesus em seu ventre foi bem aventurada, adoramos jesus e amamos maria como rainha do céu e da terra, possamos da o nosso testemunho de católicos filho de deus e de maria, tudo por jesus nada sem maria,!!!

    ResponderExcluir
  4. muito bomm esclarecer muitos pontos da igreja q esses herege são contra, pois só existe uma só igreja e verdadeira, pois ñ adoramos maria mais sim veneramos q como uma mulher que pelo seu sim revolucionou o mundo a história da salvação, pois ñ teamos medo de amar maria, ele tem o poder de interceder por cada um de nós, pois quem é contra maria está contra a biblía, maria é a nova erva a mãe da vida. ele é o templo do espirito santo, jesus dissi todos os pecados são perdoados menos quem blasflemar contra o espirito santos, pois maria é templo do espirito santo, ele q recebeu jesus em seu ventre foi bem aventurada, adoramos jesus e amamos maria como rainha do céu e da terra, possamos da o nosso testemunho de católicos filho de deus e de maria, tudo por jesus nada sem maria,!!!
    inaldo freitas

    ResponderExcluir

Sua opinião será sempre bem vinda, e suas dúvidas serão tiradas na medida do possível aqui mesmo no Blog. Então fique a vontade para escrever, obrigado e volte sempre. Paz e Bem.